Início » Nossa Senhora e Santos » São Sebastião – Quem é? História, Dia do Santo, Padroeiro e Oração

São Sebastião – Quem é? História, Dia do Santo, Padroeiro e Oração

Sebastião de Narbona foi um soldado do período do Império Romano, canonizado pela Igreja Católica como São Sebastião. Por professar e não renegar a fé cristã no Império Romano, Sebastião foi perseguido e martirizado sob o governo dos imperadores Diocleciano e Maximiano.

Assim, por sofrer perseguição e ter tido sua morte por isso, São Sebastião é um mártir da religião cristã, considerado o defensor da igreja e protetor da humanidade contra a guerra, a fome e a peste.

São Sebastião

História de São Sebastião

São Sebastião

São Sebastião nasceu no ano de 256, na cidade de Narbona, sudoeste da França. Mudou-se junto à sua família para a cidade de Milão, na Itália, onde seguiu carreira militar, tornando-se soldado do Império Romano por volta do ano de 283 da Era Cristã.

Apesar de ser soldado de um regime não-cristão e politeísta, onde o Cristianismo era proibido por lei, São Sebastião nunca abandonou sua fé na religião cristã. Por conta disso, ajudou os cristãos presos e perseguidos durante esse período, além de converter diversas pessoas para a fé cristã.

Após as autoridades da época descobrirem a atuação de Sebastião em ajudar os cristãos perseguidos e torturados, o soldado é considerado traidor do regime, sendo condenado à morte. Sua sentença era ser amarrado num tronco e ser atingido por flechas até sua morte. Ao final dessa tortura, após ser dado como morto, Sebastião tem o seu corpo jogado no rio.

Porém, Sebastião ainda estava vivo. Ao ser encontrado por uma mulher chamada Irene (dada posteriormente como santa Irene), ele foi socorrido e tratado. Com sua recuperação, Sebastião se apresentou ao Imperador romano Diocleciano e foi condenado à morte mais uma vez. Nesse momento, sua condenação era ser espancado até a morte.

Sebastião não consegue sobreviver à tortura e acaba morrendo. Ele tem o seu corpo limpo e sepultado por uma mulher chamada Mariana, sendo ela depois condecorada como Santa Mariana.

Dia do São Sebastião

O dia do santo é comemorado em 20 de janeiro.

Onde ele é padroeiro?

São Sebastião é considerado o padroeiro da cidade de São Sebastião, no Rio de Janeiro, e da cidade e estado do Rio São Sebastiãode Janeiro. Tal título é dado ao santo, uma vez que os portugueses exploraram as águas da Baía de Guanabara no dia do santo, 20 de janeiro.

Além dessas cidades, o santo é padroeiro de mais de 100 cidades do Brasil, entre elas estão: Ipaumirim (BA), Montes Claros (MG), São Sebastião do Paraíso (MG), São Sebastião de Lagoa de Roça (MG), São Sebastião do Umbuzeiro (MG), São Sebastião (SP), São Sebastião da Grama (SP), etc.

 

Imagem do Santo

O santo Sebastião é comumente representado amarrado em um tronco, tendo diversas flechas espalhados em seu corpo. Tal representação refere-se à primeira tortura e condenação de morte sofrida pelo santo. Porém, além desse fato, há simbologias referentes às imagens.

O tronco de carvalho pode simbolizar a perseverança e persistência do santo. Já as flechas simbolizam a tortura sofrida pelo santo e a dor causada por ela. Sua aura representa a devoção por Cristo.

Oração de São Sebastião

A oração para o santo Sebastião é a seguinte:

“Glorioso mártir São Sebastião, soldado de Cristo e exemplo de cristão, hoje vimos pedir a vossa intercessão junto ao trono do Senhor Jesus, nosso Salvador, por Quem destes a vida.

Vós que vivestes a fé e perseverastes até o fim, pedi a Jesus por nós para que sejamos testemunhas do amor de Deus.

Vós que esperastes com firmeza nas palavras de Jesus, pedi-Lhe por nós, para que aumente a nossa esperança na ressurreição.

Vós que vivestes a caridade para com os irmãos, pedi a Jesus para que aumente o nosso amor para com todos.

Enfim, glorioso mártir São Sebastião, protegei-nos contra a peste, a fome e a guerra; defendei as nossas plantações e os nossos rebanhos, que são dons de Deus para o nosso bem e para o bem de todos.

E defendei-nos do pecado, que é o maior de todos os males.

Assim seja.”

Além dessa, há a oração utilizada no Rio de Janeiro, onde o Santo é considerado padroeiro:

“Glorioso mártir São Sebastião, valoroso padroeiro e defensor da cidade do Rio de Janeiro, vós que derramastes vosso sangue e destes vossa vida em testemunho da Fé em Nosso Senhor Jesus Cristo, alcançai-nos do mesmo Senhor a graça de sermos vencedores dos nossos verdadeiros inimigos: o ter, o poder e o prazer, que fazem viver sem Fé, sem Esperança e sem Caridade.

Protegei, com a vossa poderosa intercessão, os filhos desta Terra. Livrai-nos de toda Epidemia Corporal, Moral e Espiritual. Fazei que se convertam aqueles que, por querer ou sem querer, são instrumentos de infelicidade para os outros. E que o justo persevere na sua fé e propague o amor de Deus, até o triunfo final. Amém”.

1 comentário

Comente