São Longuinho – Quem é? História, Dia do Santo e Orações

São Longuinho é considerado, dentro da Igreja Católica, o santo que é invocado para encontrar objetos perdidos. É um santo muito famoso, conhecido e celebrado mesmo entre os não católicos.

Ele é citado por todos os evangelistas, sendo que, com exceção do Evangelho de João, todos se referem a ele como o autor da frase “verdadeiramente, esse homem era filho de Deus”.

São Longuinho

Quem foi São Longuinho?

Segundo os evangelhos, Gaius Cassius Longinus foi um soldado romano que estava presente durante a crucificação de Cristo. Teria sido ele o soldado que traspassou o lado do peito de Cristo para verificar se ele ainda estava vivo. Uma gota do sangue de Jesus teria caído no olho do soldado, curando de forma imediata um problema ocular.

Após esse evento, Longinus teria se convertido ao cristianismo, e abandonado o exército romano para percorrer a São Longuinhoregião da Capadócia (atual Turquia) levando a palavra de Jesus. Foi descoberto e denunciado a Pôncio Pilatos como desertor, sendo condenado à morte caso não renunciasse à fé. Longinus se manteve firme em seu pensamento. Por conta disso, foi preso e torturado pelos romanos, tendo os dentes arrancados e a língua cortada. Por fim, acabou decapitado.

Sua canonização aconteceu no ano 999. Conta-se que o processo para sua canonização já se arrastava a vários anos. Por conta disso, parte da documentação necessária se perdeu. Então, o Papa Silvestre II teria pedido a ajuda do próprio São Longuinho. Pouco tempo depois os documentos perdidos apareceram, permitindo a finalização do processo.

Uma das lendas a respeito de Longinus é que, antes de servir ao exército romano na Palestina, ele servia na alta corte de Roma. Servindo na corte, ele estava sempre presente nas festas organizadas pelas autoridades da cidade. Por conta de sua baixa estatura, ele conseguia ver tudo o que se passava por baixo das mesas, e com isso, ele achava vários pertences das pessoas e sempre devolvia os achados para seus donos. Daí surgiu sua fama de sempre encontrar coisas perdidas.

A lança de longinus

Existe uma lança exposta na coleção do Palácio Imperial de Hofburg, na cidade de Viena, na Áustria, que é considerada como sendo a lança de São Longuinho, a mesma que foi utilizada para perfurar o coração de Jesus, dele fazendo sair sangue e água. Além desta lança, que é a mais famosa, existem outras duas, uma na Armênia e outra em Cracóvia, na Polônia, que são apontadas como sendo a verdadeira lança utilizada por São Longuinho.

O dia de São Longuinho

São Longuinho é celebrado no dia 15 de março, mas em alguns países do Oriente, costuma-se comemorar seu dia em 16 de outubro. O santo sempre é representado como um soldado com uma lança voltada para os olhos.

Oração a São Longuinho

“Ó glorioso São Longuinho, a vós suplicamos, cheios de confiança em vossa intercessão. Sentimo-nos atraídos a vós por uma especial devoção, sabemos que nossas súplicas serão ouvidas por Deus nosso Pai, se vós tão amado por Ele, nos fizer representar. Lembrai-vos São Longuinho, prodigiosamente tocado pela graça de Jesus agonizante, em sua última hora, que nunca se ouviu dizer que algum daqueles que recorrem a vossa proteção, fosse por vós desamparado. Assim, dignai-vos interpor em meu favor, vossa valiosa intercessão perante Deus, para que me conceda viver e morrer como verdadeiro cristão, e me auxilie a encontrar o objeto que tanto necessito. Amém. Dizer o nome do objeto que procura e rezar um Pai Nosso e uma ave Maria”. 

Além da oração, existe a crença popular na qual as pessoas falam a frase “São Longuinho, São Longuinho, se eu achar (falar o nome do objeto) dou 3 pulinhos e 3 gritinhos”.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply