Início » Nossa Senhora e Santos » São Camilo – Quem é? História, Dia do Santo e Orações

São Camilo – Quem é? História, Dia do Santo e Orações

Quando a mãe de São Camilo engravidou já tinha quase 60 anos de idade, ela sonhou que seu filho tinha uma cruz vermelha no peito. O nascimento do menino foi considerado um milagre devido a idade da genitora.

Aos 18 anos, Camilo foi levado a guerra pelo seu próprio pai militar para trilhar o mesmo caminho. No entanto, por causa de um tumor em seu pé, ele não seguiu adiante na profissão.

Foi por causa dessa doença que Camilo começou a se compadecer dos doentes no Hospital onde ficou internado. Entretanto, nessa época, ele caiu no vício do jogo e acabou ficando em total miséria e sem rumo.

Em um dos hospitais que esteve, conheceu os Franciscanos Capuchinhos, onde se identificou e quis trabalhar na obra de Deus.

São Camilo

Dia de São Camilo

O dia de São Camilo é 14 de Julho, a data é celebrada pela Igreja Católica.

São Camilo é o protetor dos enfermos, clamado e venerado como Santo por muitos católicos, inclusive  em capelas de hospitais.

Camilo de Léllis Nasceu em 25 de Maio de 1550 no Sul da Itália. O que marcou o seu nascimento foi o fato de seus pais serem idosos quando o conceberam.

São Camilo faleceu em 1614, ele mesmo profetizou que morreria na Festa de São Boa ventura em Roma e foi o que realmente aconteceu. O seu corpo foi embalsamado e removeram o seu coração que está até hoje em um relicário.

Sua canonização foi feita em 1746 onde foi declarado pela Igreja Católica o ” Padroeiro dos Doentes e Hospitais em 1886.

História de São Camilo

Foi em 1570 que Camilo conheceu os Franciscanos Capuchinhos, ele ficou sabendo deles em um momento muito difícil no hospital, pois estava literalmente na rua, sem dinheiro por causa do vício por jogo e doente devido a um tumor incurável no pé.

São Camilo

Foi então que pensou em pedir um emprego no mosteiro que estavam construindo, ao chegar lá, foi contratado como pedreiro.

No entanto, esse contato diário com os Franciscanos Capuchinhos foi mudando o interior de Camilo, ele começou a se tornar uma pessoa melhor, tanto que teve uma visão que o fez se converter aos 25 anos de idade.

Um frade franciscano São Felipe Néri se tornou muito amigo de Camilo e o ajudou a começar os estudos onde foi ordenado sacerdote. Foi quando percebeu as dificuldades dos peregrinos de Roma que não tinham condições básicas de saúde é que ficou comovido e resolveu servir a Cristo na pessoa doente.

À partir desse momento, os doentes terminais e rejeitados eram vistos com amor por São Camilo, inclusive, muitos doentes se converteram a Cristo por causa dos cuidados dele e os que faleciam, eram levados a Graça de Deus devido ao arrependimento.

São Camilo  foi o fundador da Ordem dos Ministros dos Enfermos (Camilianos) e foi o precursor da Cruz Vermelha Internacional.

Oração de São Camilo

“Glorioso São Camilo, volvei um olhar de misericórdia sobre os que sofrem e sobre os que os assistem. Concedei aos doentes aceitação cristã, confiança na bondade e no poder de Deus. Dai aos que cuidam dos doentes dedicação generosa e cheia de amor. Ajudai-me a entender o mistério do sofrimento, como meio de redenção e caminho para Deus. Vossa proteção conforte os doentes e familiares, e os encoraje na vivência do amor. Abençoai os que se dedicam aos enfermos, e que o bom Deus conceda paz e esperança a todos. Amém.”

Oração a São Camilo de Lellis II

 “Deus é tudo o resto é nada. Salvar a alma é o único compromisso que conta na vida que é tão breve”. A verdade expressa nestas palavras brilhou no Teu coração de soldado, Camilo, e fez de Ti o santo da encantadora caridade. Perdeste então a Tua mais importante batalha para render-Te finalmente a Deus, com o qual vence somente quem perde. Foi assim que foste tomado para sempre de infinita ternura por Jesus Crucificado e aprendeste a reconhecer Seu rosto no dos pobres e dos enfermos. Ajuda-nos a viver a unidade dos dois amores, a Deus e ao próximo, como Tu a viveste para também nós nos tornarmos como Tu imagem vivente do bom Samaritano e fazer nossas com toda a alma, as palavras da Tua invocação apaixonada: “Eu gostaria de possuir infinitos corações, Senhor para infinitamente amar-Te… Que a Tua graça me dê um afeto materno para o meu próximo para que eu possa servi-lo de completa caridade tanto na alma, quanto no corpo, com aquele afeto, que somente uma amável mãe possui para o seu único filho enfermo. Pelo amor com o qual mandaste o Teu filho a morrer por nós, mantém sempre aceso o meu coração do fogo deste amor sem que nunca se extinga, de modo que eu possa perseverar nesta santa obra e perseverando alcance a glória do céu
para poder com os Teus eleitos gozar-Te e louvar-Te no eterno”. Amém! Aleluia!”

Comente