Início » Parábolas » Parábola do Joio e do Trigo (Mateus 13:24-30) O que significa? Contexto e História

Parábola do Joio e do Trigo (Mateus 13:24-30) O que significa? Contexto e História

Jesus deixou muitos ensinamentos através das parábolas e, uma delas é a Parábola do Trigo e do Joio. A passagem faz parte de um dos evangelhos canônicos do Novo Testamento e encontra-se em Mateus 13:24-30.

Na bíblia, fica após a Parábola do Semeador e antes da Parábola do grão de mostarda. Tem um significado bonito, mostrando que é preciso ter paciência e crer na justiça de Deus. Vamos entendê-la melhor?

Parábola do Joio e do Trigo

Onde encontrar a parábola do joio o do trigo completa?

A parábola do joio e do trigo está em: Mateus 13:24-30.

Leia a parábola completa:

Jesus lhes contou outra parábola, dizendo: “O Reino dos céus é como um homem que semeou boa semente em seu campo.

Mas enquanto todos dormiam, veio o seu inimigo e semeou o joio no meio do trigo e se foi.

Quando o trigo brotou e formou espigas, o joio também apareceu.

Os servos do dono do campo dirigiram-se a ele e disseram: ‘O senhor não semeou boa semente em seu campo? Então, de onde veio o joio?’. ‘Um inimigo fez isso’, respondeu ele. Os servos lhe perguntaram: ‘O senhor quer que vamos tirá-lo?’

Ele respondeu: ‘Não, porque, ao tirar o joio, vocês poderão arrancar com ele o trigo.

Deixem que cresçam juntos até à colheita. Então direi aos encarregados da colheita: Juntem primeiro o joio e amarrem-no em feixes para ser queimado; depois juntem o trigo e guardem-no no meu celeiro’.

Ainda em Mateus 13:36-43, há explicação sobre o que a parábola significa:

Então ele deixou a multidão e foi para casa. Seus discípulos aproximaram-se dele e disseram: “Explica-nos a parábola do joio no campo”.

Ele respondeu: “Aquele que semeou a boa semente é o Filho do homem.

O campo é o mundo, e a boa semente são os filhos do Reino. O joio são os filhos do Maligno,

e o inimigo que o semeia é o diabo. A colheita é o fim desta era, e os encarregados da colheita são anjos.

Assim como o joio é colhido e queimado no fogo, assim também acontecerá no fim desta era.

O Filho do homem enviará os seus anjos, e eles tirarão do seu Reino tudo o que faz tropeçar e todos os que praticam o mal.

Eles os lançarão na fornalha ardente, onde haverá choro e ranger de dentes.

Então os justos brilharão como o sol no Reino do seu Pai. Aquele que tem ouvidos, ouça.

Significado e Interpretação

Após a leitura das duas passagens acima, a interpretação desta ficou clara. O joio é a simbologia para aquilo que o maligno planta, o mal. O trigo é a simbologia para aquilo que Deus planta, o bem.

O campo onde ambas sementes são jogadas é o mundo em que vivemos. O bem e o mal crescem juntos e, só serão separados cuidadosamente na hora do juízo final.

Para ficar mais claro o que tudo isso quer dizer, entenda que o joio, nada mais é que uma erva daninha. Ela prejudica o crescimento, por isso é natural quer tirá-lo de perto do trigo que também está para nascer. Isso porque o joio iria roubar o espaço do tribo, impedindo que ele cresça por completo. Mas tem um grande problema: quando jovens, o joio e o trigo são semelhantes. Ao tentar tirar a erva daninha antes de seu crescimento, corre o risco de tirar também a semente boa do trigo.

Parábola do Joio e do Trigo

As raízes do joio também podem se misturar com as do trigo. E, se forem tiradas a força, levaria consigo a semente boa.

Por isso, Ele recomenda que espere ambos crescerem. Na fase do amadurecimento de ambos, que ocorre na mesma época, já é possível distinguir qual é qual, pois se tornam distintas. A colheita é feita nesse momento, mas o joio vai para a fogueira enquanto o trigo vai para o celeiro.

Contexto e simbologia

Deus planta sementes no mundo, seus filhos. Enquanto o maligno também faz o mesmo, plantando sementes do mal. É difícil separar ainda jovens os justos dos maus. Por isso é preciso confiar na justiça de Deus e aguardar. As duas sementes vão crescer juntos, seja dentro ou fora da igreja.

Se os injustos forem destruídos, é provável que leve consigo alguns dos justos. Por isso espera-se a hora certo. Aquele que é semente do bem, irá para os céus, enquanto os que são semente do mal irão para a fornalha ardente.

Lições da parábola do joio e do trigo

A principal lição que a parábola passa é que é preciso confiar na justiça de Deus. Quando chegar a hora, cada um terá o destino que merece: o celeiro junto ao trigo ou a fogueira com o joio.

Basta que por hora, aquele que crê em Deus continue pregando sua palavra e espalhando seus ensinamentos. Prossiga seu caminho jogando o trigo.

Comente