Nossa Senhora do Carmo – História e Oração da santa de Curitiba

Antes de contar a história do título que levou à Virgem Maria passar também a ser conhecida como Nossa Senhora do Carmo, você precisa saber quem são os Carmelitas.

Quem são os Carmelitas?

Nossa Senhora do Carmo - História e Oração da santa de Curitiba

Os Carmelitas surgiram aproximadamente entre 1153 e 1159 d.c., no Monte Carmelo da Galiléia, onde viveram os primeiros monges por inspiração na vida solitária do profeta Elias. Construíram uma pequena capela perto da Gruta de Elias, e aos poucos cresceu o número de eremitas ao redor do Monte. Com a regra estabelecida por Alberto de Jerusalém em 1209 d.c., os Carmelitas recebera a sua existência canônica (o que está de acordo com a Igreja Católica Romana: vinho canônico, rito, etc.).

Entre 1226 e 1229 d.c., começou a primeira emigração de eremitas para a Europa, com o intuito de fugir da perseguição dos Islamitas. Os que continuaram no Monte Carmelo, foram massacrados. Os que emigraram para Europa se estabeleceram e construíram conventos.

Fundaram conventos nas cidades: Cambridge, 1249; Oxford, 1253; Paris, 1259; Bolonha, 1260. Os Carmelitas expandiram sua Ordem a Portugal, onde defendiam os Lugares Santos, e construíram conventos. Depois se irradiaram para o Brasil.

Exatamente no dia 8 de Dezembro de 1992, os Carmelitas passam a ser Comissariado Geral, por decreto publicado no dia da Imaculada Conceição.

Há anos os Carmelitas se instalaram em vários lugares, ensinando, pregando, dando a assistência a vários Movimentos Apostólicos.

Onde fica a Nossa Sr. do Carmo nessa História?

Os Carmelitas ao construírem sua primeira capela, dedicaram à Virgem Maria, Mãe de Jesus. Pois era um local sagrado, principalmente por causa de Elias, que nesse lugar teve como prova a manifestação de Deus.

No ano de 1251 d.c., São Simão Stock, pediu um sinal de proteção em uma das suas orações a Nossa Senhora contra os ataques dos inimigos, e ela lhe deu um escapulário com a promessa de proteção a todos que usassem. Virando símbolo da Ordem.

A beleza em uma só imagem:

Nossa Senhora do Carmo - História e Oração da santa de Curitiba

Nossa Senhora do Carmo possui uma coroa rodeada de estrelas, que representa Maria como rainha do céu e da terra. Possui um hábito marrom da Ordem Carmelita. Seu manto branco simboliza o poder profético de Deus. O menino Jesus na sua mão esquerda, e na direita bênçãos sobre a humanidade. Sua representação com o mundo sob os pés, é um pedido para que sua palavra seja levada para todas as pessoas da terra.

Oração da Nossa Sr. do Carmo:

Ó Senhora do Carmo, revestido de vosso escapulário,
eu vos peço que ele seja para mim sinal de vossa maternal proteção,
em todas as necessidades, nos perigos e nas aflições da vida.

Acompanhai-me com vossa intercessão,
para que eu possa crescer na Fé, Esperança e Caridade,
seguindo a Jesus e praticando Sua Palavra.

Ajudai-me, ó mãe querida, para que, levando com devoção vosso santo Escapulário,
mereça a felicidade de morrer piedosamente com ele, na graça de Deus,
e assim, alcançar a vida eterna.

Amém.

Quando é comemorado o dia da Nossa Sr. do Carmo?

Dia 16 de julho é comemorado o dia da Nossa Senhora do Carmo, que mudou o cenário da Igreja Católica com o seu escapulário, que virou um símbolo de fé aos fiéis, juntamente com a cruz, a hóstia, o vinho, a imagem dos santos, etc. É notável em todas as celebrações, feiras e bazares, a venda de diversos tipos de escapulário, quando caiu no gosto popular não se limitou apenas a imagem da Nossa Senhora do Carmo, mas a de todos os outros santos.

Os devotos usam em seu pescoço para mostrar o orgulho de ser cristão. Fazem dele um amuleto para proteção e bênção. Uma cena bem comum de quem acredita e usa, é o beijo no escapulário antes da oração ou de qualquer decisão importante, simbolizando a proteção divina.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply