Início » Nossa Senhora e Santos » História de Santa Bárbara, dia de comemoração e oração

História de Santa Bárbara, dia de comemoração e oração

Conhecida como uma das santas que também é contemplada em nosso país, Santa Bárbara possui uma história triste porém de provação de sua fé à Deus e a santíssima trindade.

Veja aqui qual é a história de vida dessa santa, quais foram os seus feitos, do que é protetora, oração destinada a ela e muito mais.

História de Santa Bárbara

Bárbara nasceu na cidade de Nicomédia em Bitínia, hoje encontramos esse mesmo lugar como Izmit na Turquia, na beirada no Mar de Mármara. Ela era uma jovem bela e de família muito rica, filha de Dióscoro.

Seu pai não queria que a filha vivesse no meio da sociedade, que era muito corrupta naquele tempo, por isso decidiu que era uma boa trancá-la em uma torre. Lá ela teve estudos por parte de mentores de total confiança de seu pai.

Lá ela teve sua mente aberta ao observar a natureza, a jovem prestava atenção nas estações, no tempo, nos animais e tudo que a rodeava. Com esses pensamentos ela começou a questionar os deuses da época e se havia algum criador mais inteligente do que os que existiam e lhes eram ensinados.

A tentativa do casamento

Ao atingir 17 anos ela voltou para casa a modo de receber a visita de diferentes pretendentes para casar com a moça, porém ainda sem a permissão de visitar a cidade. A jovem não se interessava por nenhum dos jovens, isso porque não encontrava amor, apenas interesse dos demais.

Seu pai acreditava que ela negava os pretendentes por ter ficado muito tempo presa na torre, por isso decidiu deixar com que conhecesse a cidade.

O cristianismo

Então ao começar a frequentar a cidade ela conheceu também os cristãos de Nicomédia, foi assim que conheceu a palavra de Jesus Cristo, entendeu sobre a Santíssima Trindade e tudo isso tocou seu coração.

Assim encontrou todas as respostas para a criação da qual questionava, ela entendeu que Deus era único e pai de Jesus Cristo.

Ela se converteu ao cristianismo de todo o seu coração, então um padre vindo da Alexandria ministrou o seu batismo, tornando-se assim cristã e com um sentido de viva.

As perseguições

Seu pai construiu para ela uma casa de banho na torre que morava, colocando assim duas janelas, porém quando a obra se iniciou, Bárbara ordenou que fossem feitas 3 janelas, em homenagem a Santíssima Trindade, além de ter construído uma cruz na torre.

Quando seu pai ficou sabendo dessas mudanças e da justificava da filha, ficou furioso e denunciou a filha para o prefeito da cidade.

Então Bárbara foi torturada em praça pública enquanto tentavam fazer com que ela negasse a sua fé cristã. A jovem permaneceu irredutível até o fim. Durante sua tortura, uma jovem cristã de nome Juliana denunciou o nome dos torturadores, o que era proibido na época, sendo presa e condenada à morte por decapitação junto com Santa Bárbara.

As duas foram levadas pelas ruas da cidade amarradas diante da fúria de várias pessoas. Os seios de Santa Bárbara foram cortados, além de ser degolada pelo seu próprio pai.

A padroeira dos artilheiros

Quando seu pai cortou sua cabeça e assim rolou pelo chão, um raio atingiu o céu e um enorme trovão foi ouvido por todos. Nesse momento Dióscoro também caiu no chão sem vida, sendo atingido pelo raio.

Depois disso Santa Bárbara ganhou o título de “Protetora contra relâmpagos e tempestades”, além de ter sido nomeada também Padroeira dos artilheiros, dos mineradores e também pessoas que trabalham diretamente com fogo.

Dia de Santa Bárbara

O dia de Santa Bárbara é comemorado no dia 4 de Dezembro. A sua principal mensagem é destinada para os jovens que procuram a verdade com todo o coração. Além de que o casamento deve acontecer apenas por amor.

Oração de Santa Bárbara

Santa Bárbara, que sois mais forte que as torres das fortalezas e a violência dos furacões, fazei que os raios não me atinjam, os trovões não me assustem e o troar dos canhões não me abalem a coragem e a bravura. Ficai sempre ao meu lado para que possa enfrentar de fronte erguida e rosto sereno todas as tempestades e batalhas de minha vida, para que, vencedor de todas as lutas, com a consciência do dever cumprido, possa agradecer a vós, minha protetora, e render graças a Deus, criador do céu, da terra e da natureza: este Deus que tem poder de dominar o furor das tempestades e abrandar a crueldade das guerras. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.

 

Comente